Banco ExIm da China analisa pedido de empréstimo de Moçambique

23 March 2016

O Banco de Exportações e Importações (ExIm) da China está a apreciar um pedido de empréstimo de 156 milhões de dólares solicitado por Moçambique para acelerar o processo de migração digital no país, informou o Ministro dos Transportes e Comunicações.

A data-limite para a migração do sistema analógico para o digital em Moçambique, inicialmente estabelecida para Junho de 2015, foi ultrapassada, pretendendo agora o governo acelerar o processo, de acordo com o ministro Carlos Mesquita, citado pelo jornal moçambicano O País.

O ministro disse ainda que a empresa chinesa StarTimes, a quem foi adjudicado o contracto, aprovou o desembolso de 30 milhões de dólares, a serem aplicados na encomenda de equipamentos digitais específicos para Moçambique.

Carlos Mesquita, que se deslocou a Pequim para procurar acelerar este processo, adiantou que técnicos da empresa chinesa encontram-se já em Moçambique para estudar a localização dos centros emissores.

O processo de migração digital em Moçambique inclui a montagem de 18 emissores de televisão digital, 10 dos quais nas capitais provinciais e 8 nas zonas rurais. (Macauhub/CN/MZ)

MACAUHUB FRENCH