Banco de Desenvolvimento da China aprecia projectos de países de língua portuguesa

31 March 2016

O Banco de Desenvolvimento da China vai apreciar a viabilidade de 20 projectos que se candidataram ao Fundo de Cooperação e Desenvolvimento China/Países de Língua Portuguesa, informou quarta-feira o secretário-geral do Fórum Macau, Chang Hexi.

O secretário-geral do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (vulgo Fórum Macau) informou ainda que aquele fundo está actualmente a apoiar dois projectos que estão em execução.

Chang Hexi falava após a 11ª Reunião Ordinária do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), com a participação de representantes do Ministério do Comércio da China, do Departamento dos Assuntos Económicos do Gabinete de Ligação do governo central em Macau, dos embaixadores dos países de língua portuguesa na China, dos membros do Secretariado Permanente do Fórum de Macau e representantes do governo de Macau.

Chang Hexi, citado pelo jornal Tribuna de Macau, justificou o terem sido aprovados apenas dois projectos por algumas das candidaturas não conterem todos os documentos necessários para a sua análise, como seja um estudo de viabilidade económica.

No entanto, adiantou que os técnicos do Banco de Desenvolvimento da China estão a apreciar quatro ou cinco projectos e acrescentou que uma decisão “será tomada em breve.”

Os dois projectos já em andamento são oriundos de Angola e Moçambique, estando o deste último país relacionado com a agricultura e de Angola com a distribuição e fornecimento de água potável.

Formalmente anunciado em Novembro de 2010 pelo então primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, o Fundo conta com uma dotação global de mil milhões de dólares, é gerido pelo Banco de Desenvolvimento da China e começou a aceitar candidaturas em 2013. (Macauhub/AO/CN/MO/MZ)

MACAUHUB FRENCH