Angola financia-se no Japão para projecto de cabo submarino

1 April 2016

O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) contraiu um empréstimo de 109,79 milhões de dólares junto de dois bancos do Japão para a compra de cabos ópticos submarinos, informou a instituição em comunicado divulgado quinta-feira em Luanda.

O BDA informou ainda que o empréstimo contraído junto do Banco para Cooperação Internacional do Japão (JBIC) e a Corporação Bancária Sumitomo Mitsui (SMBC), tem cobertura da Seguradora Oficial de Crédito à Exportação do Japão (NEXI), conta com uma garantia soberana da República de Angola e destina-se a financiar o projecto de cabo submarino do Atlântico Sul da empresa Angola Cables.

Este projecto de cabo submarino da Angola Cables, empresa que foi criada pelos cinco principais operadores de telecomunicações  angolanos e que actualmente fazem parte da sua estrutura accionista, sendo a estatal Angola Telecom o maioritário, irá ligar Angola ao Brasil.

A Angola Cables é membro do consórcio do Cabo Submarino do Oeste de África (WACS) desde 2009, que é a proprietária do cabo submarino de fibra óptica que liga a África do Sul ao Reino Unido, passando por várias estações ao longo da costa ocidental africana e portuguesa.

O BDA adianta no comunicado que este negócio inicia uma nova fase nas operações do banco, centrada na captação de recursos nos mercados financeiros e de capitais internacionais para aplicá-los na economia do país através do financiamento de projectos que tenham um carácter estruturante. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH