China State Grid avalia activos do grupo espanhol Abengoa no Brasil

6 April 2016

Quadros da China State Grid visitaram projectos de transmissão de energia do grupo espanhol Abengoa no Brasil para avaliarem uma possível aquisição desses activos, informou terça-feira a agência financeira Reuters.

O grupo espanhol, que pediu a protecção contra credores em Novembro de 2015 devido a dívidas que poderão atingir 25 mil milhões de euros, pôs termo a qualquer investimento no Brasil, deixando algumas obras por concluir.

Uma fonte federal citada pela agência indicou que o governo brasileiro preferia que todos os activos do grupo Abengoa fossem vendidos em pacote à China State Grid, por ser considerado o único grupo com capacidade financeira para levar a bom termo este negócio.

O grupo chinês confirmou o interesse nos activos brasileiros da Abengoa e acrescentou não ter, até à data, “sido apresentada qualquer proposta formal.”

O Ministério das Minas e Energia do Brasil tem estado envolvido desde o final de 2015 numa série de encontros com investidores brasileiros e estrangeiros a fim de encontrar um interessado naqueles activos, que incluem linhas de transmissão em funcionamento e outros projectos em fase de execução.

O grupo chinês, que chegou ao Brasil em 2010 com a aquisição de sete empresas de transmissão de energia num negócio de 989 milhões de dólares, investiu desde então mais de 200 milhões de reais na construção do edifício-sede no Rio de Janeiro e em diversos projectos levadas a leilão pelo governo brasileiro. (Macauhub/BR/CN)

MACAUHUB FRENCH