Empresários da China e dos países de língua portuguesa reúnem-se em 2017 em Cabo Verde

12 April 2016

O próximo encontro empresarial entre a China e os países de língua portuguesa decorrerá em 2017 em Cabo Verde, de acordo com uma proposta da Agência cabo-verdiana de Investimentos aprovada no encontro de Bissau.

Os promotores do evento manifestaram-se satisfeitos pelo esforço desenvolvido pelas instituições envolvidas na organização e concretização desta edição e pelo alto nível de participação nela registada, de acordo com um comunicado lido pelo coordenador do Secretariado Técnico para a realização do encontro, Bruno Jauad.

Ao longo dos dois dias do encontro foram assinados 11 documentos, nomeadamente o memorando de entendimento entre o governo guineense e a China China Machinery Engineering Corporation (CMEC) e os protocolo de cooperação entre a Federação Sino Países de Língua Portuguesa e Espanhola (Sino PLPE) de Macau e a Câmara de Comércio da Guiné-Bissau e a Associação Nacional dos Importadores e Exportadores da Guiné-Bissau, entre outros.

O encontro de Bissau contou com cerca de 280 participantes vindos da China Continental, de Macau, Portugal e dos países africanos de língua oficial portuguesa, com excepção de São Tomé e Príncipe.

Na sessão de encerramento, o ministro da Presidência do Conselho de Ministros e Assuntos Parlamentares, Malal Sane, manifestou a satisfação do governo face aos resultados saídos do encontro de Bissau que, segundo disse, vão ao encontro das expectativas do executivo.

O embaixador da China na Guiné-Bissau, Huang Hua, elogiou o êxito do encontro e adiantou que a assinatura dos documentos de cooperação “demonstra a vontade das partes, Guiné-Bissau, China e os outros países da língua portuguesa na promoção do desenvolvimento.” (Macauhub/CN/GW/MO)

MACAUHUB FRENCH