Moçambique contrai empréstimos junto do Banco Mundial

15 April 2016

O governo de Moçambique contraiu um empréstimo de 10 milhões de dólares junto do Banco Mundial para executar reformas no âmbito do Programa Acelerado para a Integração Económica (APEI), de acordo com um comunicado do Ministério da Economia e Finanças.

A documentação relativa a este empréstimo foi assinada em Washington, à margem das reuniões da Primavera do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial, onde Moçambique está representado por uma delegação chefiada pelo titular da pasta da Economia e Finanças, Adriano Maleiane.

A delegação moçambicana é igualmente integrada pelo governador do Banco de Moçambique, Ernesto Gove, na qualidade de governador alternante de Moçambique no FMI e no Banco Mundial e quadros superiores das duas instituições.

Entretanto, Moçambique um empréstimo de 120 milhões de dólares igualmente junto do Banco Mundial para financiar projectos de adaptação às mudanças climáticas em 20 municípios, de acordo com o director das Obras Públicas, Habitação e recursos Hídricos da província de Sofala.

Manuel Fobra disse à Rádio Moçambique que o projecto denominado ”Cidades e Mudanças Climáticas” compreende a construção e a abertura de novas valas de drenagem, a protecção costeira e o realojamento da população que vive em zonas de risco. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH