Angola abre consulado geral em Cantão, no sul da China

18 April 2016

O governo angolano inaugurou sexta-feira passada, em Cantão, capital da província de Guangdong com mais de 20 milhões de habitantes, o seu terceiro consulado geral na República Popular da China depois de Hong Kong e Macau.

A nova representação consular angolana chefiada pelo embaixador João Baptista da Costa estará orientada para a diplomacia económica terá como áreas de jurisdição as regiões de Fujian, Ainão e Guangxi.

Na cerimónia da abertura da nova representação consular de Angola o secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Eduardo de Jesus Beny disse que uma das funções do consulado-geral será promover o investimento e fortalecer cada vez mais a parceria estratégica existente entre Angola e a Republica Popular da China.

Para o embaixador extraordinário e plenipotenciário de Angola na República Popular da China, João Garcia Bires, o novo consulado vai preencher algumas lacunas na oferta de serviços e que obrigava a uma carga excessiva sobre a Embaixada em Pequim.

Assistiram à cerimónia, os cônsules gerais de Hong Kong e Macau, Cupertino Gourgel e Sofia Pegado, respectivamente.

A província de Guangdong, localizada no sul da China, mais concretamente no Delta do rio das Pérolas, tem uma área de 394 mil quilómetros quadrados, 116 milhões de habitantes tendo como indústrias principais a fabricação de automóveis, produtos electrónicos e de IT, aço, têxteis e construção naval. (Macauhub/CN/AO)

MACAUHUB FRENCH