Défice orçamental de Portugal em 2016 deverá atingir 2,7% do PIB

4 May 2016

O défice orçamental de Portugal deverá situar-se em 2,7% do PIB este ano e em 2,3% em 2017, informou terça-feira em Bruxelas a Comissão Europeia, nos termos do relatório com as previsões económicas da Primavera.

Estes défices são superiores aos constantes no recentemente apresentado pelo governo português Programa de Estabilidade e Crescimento, onde se prevê que os défices orçamentais de 2016 e 2017 deverão situar-se em 2,2% e 1,4% do PIB, respectivamente.

A Comissão Europeia tinha previsto no relatório de Inverno que Portugal viesse a apresentar este ano um défice orçamental de 3,4%, número que baixou depois de o governo português ter apresentado medidas adicionais de contenção da despesa.

Estimando que a economia portuguesa cresça 1,5% este ano e 1,7% no próximo – enquanto o governo prevê valores de 1,8% em 2016 e em 2017 – a Comissão alerta que Portugal pode ser prejudicado pela “incerteza política, os desenvolvimentos nos mercados financeiros e uma pressão persistente de desalavancagem sobre o sector privado.”

A Comissão prevê igualmente que a dívida pública deverá baixar para 126% do PIB ainda em 2016, “sobretudo devido às vendas esperadas dos activos financeiros, incluindo o Novo Banco” e para 124,5% em 2017, “devido aos excedentes orçamentais primários e ao crescimento da procura doméstica.” (Macauhub/PT)

MACAUHUB FRENCH