Banco Mundial anuncia apoio a Cabo Verde em 2017

11 May 2016

O Banco Mundial tem disponíveis cerca de 25 milhões de dólares para aplicar em diversos projectos em Cabo Verde ao longo de 2017, disse terça-feira na Praia Louise Cord, directora da instituição para cinco países da África Ocidental.

Cord, que além de Cabo Verde é ainda o rosto do Banco Mundial no Senegal, Gâmbia, Guiné-Bissau e Mauritânia, manteve terça-feira uma reunião com o governo cabo-verdiano para preparar a definição dos projectos a serem financiados.

Adiantou, no entanto, que o Banco Mundial pretende apoiar acções centradas na estabilidade macroeconómica, redução do peso do Estado, desenvolvimento do sector privado e criação de emprego para jovens.

O ministro das Finanças, Olavo Correia, disse no final da reunião que “o apoio do Banco Mundial é muito importante para a reforma da economia de Cabo Verde e para a criação de um quadro macroeconómico estável.”

“O apoio do Banco Mundial a nível de assistência técnica e financeira é muito importante para que Cabo Verde seja um país seguro, viável do ponto de vista político, social e económico e atractivo para investimentos nacional e estrangeiro, afirmou Olavo Correia.

O ministro disse ainda que o actual governo do arquipélago vai apoiar o sector privado e procurar melhorar o ambiente de negócios através da criação de um sistema jurídico fiável, seguro e eficiente. (Macauhub/CV)

MACAUHUB FRENCH