Presidente de Moçambique recebido no Palácio do Povo em Pequim

18 May 2016

O Presidente de Moçambique é hoje recebido no Palácio do Povo em Pequim pelo Presidente da China, Xi Jinping, de acordo com a agenda oficial da visita de Estado de cinco dias.

Após o encontro entre os dois presidentes, terão lugar conversações oficiais entre delegações dos dois países, que serão seguidas pela assinatura de alguns acordos de cooperação.

Terça-feira em Nanjing, Filipe Nyusi reviu a previsão de crescimento da economia de Moçambique para uma taxa compreendida no intervalo entre 6% e 7%, inferior à previsão constante do Orçamento Geral do Estado mas superior às previsões internacionais.

O Presidente moçambicano, que usava da palavra num Fórum Empresarial Moçambique-China, disse que a revisão dos objectivos macroeconómicos deriva da “ocorrência de choques exógenos” e da fraca recuperação da economia mundial, mas garantiu que os fundamentos da economia moçambicana são promissores e com tendências para um desenvolvimento estável, robusto e diversificado.

Dirigindo-se aos aos empresários chineses presentes, Filipe Nyusi salientou o facto de Moçambique dispor de recursos naturais diversificados, além de terras férteis para a exploração agrícola, potencial para a pecuária, pesca e para todo o tipo de turismo em parques e reservas naturais.

“O subsolo é rico em mármore, grafite, calcário, ouro, minérios ferrosos, pedras preciosas e semi-preciosas em prospecção e por explorar, estando o governo a trabalhar para melhorar o ambiente de negócios, removendo os obstáculos já identificados”, disse.

Filipe Nyusi é acompanhado nesta visita pelos ministros dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Oldemiro Balói, da Indústria e Comércio, Ernesto Max Tonela, das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Carlos Bonete Martinho, da Cultura e Turismo, Silva Dunduro e por quadros de diversas instituições do Estado. (Macauhub/CN/MZ)

MACAUHUB FRENCH