Brasil continua a formar quadros de Angola em aquacultura e gestão de recursos pesqueiros

19 May 2016

Angola e o Brasil prorrogaram por mais um ano o acordo de cooperação para a formação de quadros angolanos em técnicas de aquacultura e gestão de recursos pesqueiros, nos termos de uma adenda recentemente assinada em Brasília.

A adenda ao acordo existente entre o Instituto Angolano de Desenvolvimento da Pesca Artesanal e da Aquacultura e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), do Ministério da Integração Nacional, foi assinada pelo embaixador de Angola no Brasil, pelo presidente da companhia de desenvolvimento e pelo director do Departamento de Revitalização de Bacias Hidrográficas, do Ministério do Ambiente.

A cooperação entre o Instituto Angolano de Desenvolvimento da Pesca Artesanal e da Aquacultura e a Codevasf iniciou-se em 2012 com o envio regular de técnicos angolanos ao centros integrados daquela companhia, onde durante seis meses aprendem técnicas de propagação artificial e de criação de peixes e conservação ambiental, entre outras.

O acordo assinado em 2014, agora renovado por mais um ano, permitirá continuar a formar quadros angolanos em técnicas de aquicultura e gestão de recursos pesqueiros e reforçar a capacidade humana e institucional do sector das pescas em Angola, de acordo com a agência noticiosa Angop. (Macauhub/AO/BR)

MACAUHUB FRENCH