Moçambique remodela embarcações para exportar atum para a União Europeia

24 May 2016

Doze embarcações da Empresa Moçambicana de Atum estão a ser remodeladas a fim de respeitarem as normas da União Europeia no que respeita às características dos barcos envolvidos na captura de pescado para aquele mercado, informou o matutino Notícias, de Maputo.

O jornal acrescentou que as obras, a serem realizadas em doca seca, foram adjudicadas a uma empresa sul-africana de especialidade, não abrangendo a operação de remodelação a totalidade das embarcações da Empresa Moçambicana de Atum devido aos custos elevados.

O ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane, disse na semana passada que “tudo está a ser feito para que as empresas que beneficiaram das garantias do Estado na contratação de empréstimos no mercado internacional sejam elas próprias a assumir os respectivos serviços da dívida.”

Maleiane acrescentou que a União Europeia exige que as embarcações envolvidas na captura de atum respondam a algumas especificidades, razão pela qual a empresa moçambicana se vê na contingência de remodelar parte dos seus barcos e adequá-los aos requisitos exigidos.

O ministro da Economia e Finanças, que não divulgou os custos desta operação de remodelação das embarcações da Empresa Moçambicana de Atum, disse serem os mesmos elevados, razão pela qual foi decidido efectuá-la por fases. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH