OCDE revê em baixa previsão de crescimento económico de Portugal em 2016

2 June 2016

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE) reviu em baixa para 1,2% a previsão de crescimento da economia de Portugal em 2016 e em alta para 2,9% a de défice orçamental, de acordo com o relatório quarta-feira divulgado em Paris.

No relatório divulgado em Novembro de 2015, a OCDE previa para Portugal este ano uma taxa de crescimento económico de 1,6% e de 2,8% no que se refere ao défice orçamental.

A nova previsão de crescimento económico da OCDE para 2016 de 1,2% do PIB contrasta com a taxa de 1,8% prevista pelo governo e é ainda mais pessimista do que a de 1,4% apontada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

Relativamente ao défice orçamental, a OCDE junta-se ao Fundo Monetário Internacional (FMI), que também antecipa um défice de 2,9%, e à Comissão Europeia, que estima um défice de 2,7%, bem longe da previsão governamental de 2,2% do Produto Interno Bruto.

A OCDE reviu em alta a estimativa da dívida pública na óptica do Tratado de Maastricht, prevendo agora que represente 128,3% do PIB este ano, mantendo-se nesse valor em 2017, contra a previsão divulgada em Novembro de 127,9%.

O governo antecipa no seu Programa de Estabilidade 2016-2020 uma redução da dívida pública para 124,8% do PIB este ano e para 122,3% em 2017. (Macauhub/PT)

MACAUHUB FRENCH