Projecto de ferro gusa em Angola com início anunciado para este ano

2 June 2016

O projecto de transformação de minério em ferro gusa na localidade do Cutato, província do Cuando Cubango, inicia-se este ano, estando prevista uma produção inicial de 18 mil toneladas, garantiu quarta-feira em Luanda o ministro da Geologia e Minas.

Francisco Queiroz disse que o projecto, “está numa fase adiantada” e que a partir de 2017 a produção elevar-se-á para 90 mil toneladas de ferro gusa, de acordo com a agência noticiosa Angop.

O ministro disse ainda que foram já despendidos 226 milhões de dólares neste projecto, que está combinado com uma plantação de eucaliptos para a produção de carvão vegetal para que a fábrica possa transformar o minério em ferro gusa.

Ainda na área do ferro, está em preparação o início do projecto mineiro siderúrgico de Cassinga, província da Huíla, cuja primeira fase deverá iniciar-se entre 2017 e 2018, indicou o ministro.

No decurso de um encontro com a comunicação social, o ministro anunciou para 2018 a entrada em funcionamento da mina do projecto Luache, na província da Lunda Sul, que deverá registar uma produção dupla da mina de Catoca.

“É um projecto que supera Catoca e que pode contribuir para duplicar a actual produção de diamantes, que ronda nove milhões de quilates por ano”, disse Francisco Queiroz.

O ministro assegurou ainda que a execução do Plano Nacional de Geologia (Planageo) “está a correr bem”, encontrando-se na fase final do levantamento geofísico do país.

Com um custo estimado em mais de 400 milhões de dólares, o Planageo está a proceder à identificação dos recursos minerais de Angola. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH