Empresários da China investem no processamento de granito em Moçambique

3 June 2016

Dezasseis empresários da China vão investir 50 milhões de dólares num projecto de processamento e exportação de granito no distrito de Sussundenga, na província de Manica, escreveu o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal acrescentou que daquele montante 32 milhões de dólares foram já aplicados na edificação da fábrica e na aquisição do equipamento necessário para processar granito, bem como na própria actividade de corte e acabamento da pedra.

Hu Xie En, presidente do grupo Huaxi, que congrega os 16 empresários, disse que até Outubro próximo a fábrica deverá estar integralmente equipada, a fim de começar a produzir à capacidade máxima instalada.

Prevê-se também que até Outubro deste ano seja adquirido equipamento adicional para abrir uma nova frente de produção, desta feita para a exploração de outros tipos de pedra com mercado na China e em outros países.

O governador provincial de Manica, Alberto Mondlane, após um encontro destinado a apresentar a uma delegação de empresários chineses as potencialidades e oportunidades de investimento na província que dirige, disse que a fábrica de Sussundenga vai absorver o granito das províncias de Manica e Tete, indo a produção abastecer o mercado local e ser exportada. (Macauhub/CN/MZ)

MACAUHUB FRENCH