Empresa de Angola pretende construir torres de transporte de energia eléctrica

6 June 2016

A empresa angolana CNJ – União Engenharia e Comércio propõe-se investir 65 milhões de dólares na construção de uma fábrica para a produção de torres para linhas de transporte de energia eléctrica, de acordo com informação oficial.

O investimento em causa, adianta um despacho presidencial, será efectuado no município de Cacuso, província de Malanje, e surge numa altura em que o governo de Angola está a avançar com a electrificação do interior do país.

A empresa privada pretende instalar uma fábrica de estruturas metálicas para a construção de torres metálicas, tendo o governo angolano constituído, de acordo com o despacho citado pela agência Lusa, uma comissão de negociação de “facilidades e incentivos fiscais” com o investidor.

Com um forte défice de produção de electricidade face às necessidades, Angola enfrenta ainda a inexistência de redes de distribuição para abastecer as zonas rurais, sendo grande parte das cidades abastecidas por redes de geradores.

O recenseamento da população realizado em 2014, cujos dados finais foram revelados em Março último, concluiu que o acesso à rede de electricidade é apenas garantido a 1,7 milhões de habitações (31,9%), quase exclusivamente em zonas urbanas, já que na área rural apenas 48 mil agregados familiares são servidos. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH