Moçambique prepara plano de austeridade

13 June 2016

O governo de Moçambique está a preparar um plano de austeridade que se vai traduzir na redução de 10% da despesa pública inscrita em Orçamento Geral do Estado, anunciou recentemente o ministro da Economia e Finanças.

O ministro Adriano Maleiane, que se dirigia aos deputados, precisou que este plano “é a resposta do governo para cobrir o buraco orçamental criado pela suspensão do apoio dos parceiros de cooperação, por causa das dívidas ocultas, bem como pela retracção da economia nacional, que provocou a revisão em baixa das previsões do PIB.”

O ministro garantiu que as medidas de austeridade vão poupar as áreas sociais, como a educação, saúde e acção social, bem como as acções que visam a reanimação da economia, através de investimentos na agricultura e em infra-estruturas.

O valor das despesas a serem cortadas equivale ao dobro das receitas congeladas pelos parceiros de cooperação organizados no Grupo dos 14, que totaliza 467 milhões de dólares para o orçamento de 2016.

Em simultâneo, o governo pretende reforçar a transparência fiscal e controlo interno, medidas que, a par da austeridade, são como que os primeiros sinais que o executivo emite aos credores internacionais, nomeadamente, o Fundo Monetário Internacional (FMI), que vai enviar uma missão ao país para conversações e avaliação. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH