Syrah Resources angaria capital para desenvolver projecto de grafite em Moçambique

17 June 2016

A australiana Syrah Resources encaixou 194 milhões de dólares australianos com uma emissão de 32 milhões de novas acções a serem aplicados no projecto mineiro de Balama, em Moçambique, informou a empresa em comunicado ao mercado.

O director-geral Tolga Kumova adiantou que o capital obtido será aplicado no desenvolvimento do projecto de Balama e dará uma vantagem comparativa à empresa no que respeita à exploração de depósitos de grafite na província de Cabo Delgado, em Moçambique.

A empresa informou procedeu igualmente a uma actualização do calendário associado ao projecto de Balama, prevendo agora que comece a produzir o primeiro minério no segundo trimestre de 2017.

A Syrah anunciou também que vai necessitar de 175 milhões de dólares adicionais para ter ultimado o financiamento necessário para aquele projecto mineiro, contra uma anterior estimativa de 144 milhões de dólares, sendo a alteração principal a aquisição de uma central eléctrica ao invés de construir, deter, operar e transferir conforme anteriormente previsto.

A empresa assinou recentemente um contracto com o grupo japonês Marubeni Corporation para o fornecimento de 50 mil toneladas de grafite esférica revestida e não-revestida por ano para fornecimento a clientes no Japão e na Coreia do Sul produtores de baterias.

Este contracto, cujo valor financeiro não foi divulgado, tem uma validade de cinco anos e dá ao grupo japonês os direitos exclusivos sobre a grafite de Balama naqueles dois países. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH