Índia analisa produção ou compra de lentilhas em Moçambique

20 June 2016

O governo da Índia pondera vir a produzir lentilhas em Moçambique e em Myanmar indo, para o efeito, enviar delegações que irão analisar a viabilidade do projecto, disse o ministro da Alimentação à New Delhi Television Limited (NDTV).

O ministro Ram Vilas Paswan adiantou ao canal televisivo “podemos cultivar lentilhas nesses países ou assinar contractos de fornecimento de longa duração” e acrescentou “para isso, vamos enviar equipas aos dois países mencionados, em deslocações que deverão ocorrer a curto prazo.”

Ram Vilas Paswan disse que a produção de lentilhas na Índia tem estado em declínio, “há pelo menos três anos”, o que fez com que o preço do produto tenha aumentado para 200 rupias o quilograma, tendo dois outros vegetais fundamentais na dieta alimentar indiana – tomate e batata – mantido um custo elevado, 80 rupias e 35 rupias o quilograma, respectivamente, apesar os esforços do governo no sentido de conter os preços.

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, inicia na primeira semana de Julho uma visita a quatro países africanos -Tanzânia, África do Sul, Quénia e Moçambique – devendo neste último caso a eventual produção de produtos alimentares vir a ser debatida com as autoridades locais.

O consumo indiano de lentilhas situa-se em 23 milhões de toneladas contra uma produção de 17 milhões de toneladas, tendo lugar um aumento anual de 1 milhão de toneladas no consumo deste produto. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH