Grupo sul-africano investe 130 milhões de dólares em Moçambique

21 June 2016

O grupo sul-africano Coca Cola Sabco investiu 130 milhões de dólares na construção de uma nova unidade de engarrafamento na Matola Gare, nos arredores da capital Maputo, em cerimónia que contou com o Presidente de Moçambique.

A nova unidade vai começar a produzir 50 milhões de grades de produtos da Coca-Cola por ano, quantidade que a prazo aumentará para 70 milhões, antes de atingir a capacidade máxima de 150 milhões de grades/ano.

Esta fábrica, que demorou três anos a ser construída, é a maior unidade de engarrafamento da Coca-Cola Sabco nos sete países africanos – África do Sul, Namíbia, Moçambique, Quénia, Tanzânia, Etiópia e Uganda – onde está presente com unidades industriais.

Esta nova fábrica, construída de raiz, visou substituir a anterior que sofreu grandes danos devido a cheias que atingiram o sul de Moçambique em Fevereiro de 2000.

O grupo sul-africano dispõe ainda em Moçambique de unidades de engarrafamento de produtos da Coca-Cola em Chimoio, província de Manica, inaugurada em Julho de 1997 e em Nampula (Junho de 2011), onde engarrafa produtos dos grupos Schweppes, Sparletta, Minute Maid, Twist e Mazoe bem como Coca-Cola, Coke Light, Coke Zero, Fanta, Sprite e Bonaqua.

O grupo Coca-Cola Sabco é controlado em 80% pela Gutsche Family Investments e tem sede em Port Elizabeth, África do Sul, sendo engarrafador de produtos da Coca-Cola desde 1940. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH