Angola está a negociar a contracção de novos empréstimos

24 June 2016

Angola está a negociar com credores internacionais cerca de mil milhões de dólares em novos empréstimos, incluindo uma linha de crédito para alimentos e medicamentos, noticiou quinta-feira o Wall Street Journal.

O jornal escreveu que o banco de investimento Goldman Sachs está a montar um empréstimo sindicado para Angola, que será parcialmente garantido pelo Banco Mundial, enquanto a Gemcorp Capital LLP, com sede em Londres, está a negociar um financiamento separado para Angola importar alimentos, remédios e outros bens essenciais.

O Wall Street Journal adiantou que as negociações com vista a obter financiamento no exterior “é um sinal de que os investidores estão confiantes de que Angola pode ultrapassar a crise em que se encontra há dois anos, motivada pela queda do preço do petróleo.”

O Goldman Sachs está agora a estruturar um empréstimo sindicado que irá envolver esta garantia de 200 milhões de dólares para que Angola possa obter um empréstimo entre 500 milhões a 600 milhões de dólares.

Já a linha de crédito a ser montada pela Gemcorp, que se destina a satisfazer as necessidades do país em bens essenciais, pode atingir centenas de milhões de dólares, de acordo com o Wall Street Journal. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH