China pronta para desenvolver capacidade produtiva de Moçambique

28 June 2016

A China está disponível para ajudar a aumentar a capacidade produtiva de Moçambique, disse recentemente o embaixador Su Jian, no decurso de um seminário de Promoção de Cooperação de Capacidade Produtiva Anhui – Moçambique que se realizou em Maputo.

Presentes no seminário um grupo de 89 empresários daquela província chinesa, englobados numa delegação chefiada pelo vice-presidente da Assembleia Popular Provincial de Anhui, que visitou Moçambique em busca de oportunidades de negócio.

Ao intervir no encontro, o embaixador garantiu que a China pretende aprofundar a cooperação com Moçambique, nomeadamente na construção e melhoria de infra-estruturas, bem como na transferência de tecnologias e na formação de técnicos e operários moçambicanos.

O ministro da Indústria e Comércio, Ernesto Max Tonela, que também discursou no evento, sublinhou que Moçambique e a China têm uma longa e sólida relação de amizade, assumindo, no entanto, “que este fórum reflecte a vontade dos dois países em ampliar as suas relações para o domínio do investimento privado”.

Conforme manifestou Max Tonela, “queremos que a cooperação com a China nos ajude a alcançar os objectivos do governo no que diz respeito às acções de combate à pobreza, promoção do emprego e desenvolvimento industrial.”

As empresas da China investiram 5,46 mil milhões de dólares nos últimos anos em Moçambique. (Macauhub/CN/MZ)

MACAUHUB FRENCH