Três empresas interessadas em desenvolver corredor logístico em Moçambique

28 June 2016

Três empresas privadas manifestaram interesse em desenvolver o Corredor de Chongoene, fundamental para o escoamento das areias pesadas de Chibuto, na província de Gaza, disse o ministro dos Transportes e Comunicações de Moçambique.

Carlos Mesquita disse ao matutino Notícias, de Maputo, que um memorando de entendimento poderá ser assinado em breve para viabilizar a iniciativa, que inclui a construção de uma linha de caminho-de-ferro até à vizinha Suazilândia e de um porto em Chongoene, distrito do Xai-Xai.

Sem identificar as entidades interessadas, o ministro disse que a redacção do memorando “está praticamente concluída”, posto o que cada uma das empresas irá desenvolver o seu próprio projecto a ser posteriormente entregue ao Ministério dos Transportes e Comunicações para análise.

As areias pesadas de Chibuto são actualmente exploradas por um consórcio constituído pelas empresas chinesas Anhui Foreign Economic Construction Group (AFECC) e Yunnan Xinli Non-Ferrous Metals Co., Ltd, que exportam o produto em contentores através do porto de Maputo, para onde seguem por estrada.

Os depósitos de areias pesadas estão localizados no distrito de Chibuto, a cerca de 60 quilómetros da cidade de Xai-Xai.(Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH