Visita a Portugal do Grupo 9+2 permitiu aprofundar cooperação entre a China e os países de língua portuguesa

29 June 2016

Os representantes dos governos da Região do Pan-Delta do Rio das Pérolas (Grupo 9+2) estão optimistas quanto às perspectivas da cooperação entre a China e os países de língua portuguesa, informou o Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM).

Em comunicado, o IPIM acrescenta que alguns membros de uma delegação, que concluiu dia 24 de Junho uma visita de de 8 dias a Portugal e à Bélgica, consideram que a visita representou um passo importante para as províncias e regiões do “Grupo 9+2” se expandirem em conjunto para o exterior e, ao mesmo tempo, destacar o papel singular de Macau.

Xie Baohe, membro da Comissão para o Desenvolvimento e Reforma da província de Jiangxi, disse terem sido interessantes as visitas de estudo efectuadas a algumas empresas portuguesas, visitas que reforçaram a comunicação e articulação com os países de língua portuguesa.

A vice-directora dos Serviços de Economia Regional e de Conservação de Recursos e Protecção Ambiental de Hainão e membro da Comissão para o Desenvolvimento e Reforma daquela província, Si Fengping, disse ter a visita organizada pelo governo de Macau permitido abrir uma janela para a província e obter uma ideia mais aprofundada sobre os países de língua portuguesa.

Si Fengping disse ainda que a plataforma proporcionada por Macau vai permitir romper a barreira linguística entre a China e os países de língua portuguesa.

Por seu turno, o director do Gabinete para Promoção do Investimento Estrangeiro e membro da Comissão para o Desenvolvimento e Reforma da província de Sichuan, Fang Xi, declarou que esta visita possibilitou aos representantes dos governos das províncias e regiões que compõem o “Grupo 9+2” visitar pequenas e médias empresas de Portugal e estabelecer um intercâmbio com associações comerciais daquele país. (Macauhub/CN/MO/PT)

MACAUHUB FRENCH