Grupo ExxonMobil analisa compra de participações em blocos petrolíferos em Moçambique

30 June 2016

O grupo norte-americano ExxonMobil Corp. está a analisar a compra de participações nos blocos no mar de Moçambique onde os grupos norte-americano Anadarko Petroleum e italiano ENI descobriram grandes depósitos de gás natural, escreveu a agência financeira Bloomberg.

A agência escreveu ainda que estes negócios, caso se venham a concretizar, permitiriam ao governo de Moçambique solucionar parcialmente o problema da dívida pública, atendendo a que as empresas vendedoras teriam de pagar imposto de mais-valias, cuja taxa se situa actualmente em 32%.

O grupo China National Petroleum Corp. adquiriu há três anos ao grupo italiano ENI uma participação indirecta de 20% no bloco Área 4 tendo pago 4,2 mil milhões de dólares.

Em Maio passado, o presidente executivo do grupo ENI, Claudio Descalzi, disse estar em negociações para vender uma parte da sua participação no bloco Área 4 e adiantou prever a tomada de uma decisão final de investimento até ao final do ano.

O grupo ExxonMobil obteve em Outubro de 2015 três licenças de exploração petrolífera em blocos marítimos a sul dos blocos onde os grupos norte-americano Anadarko Petroleum e italiano ENI descobriram depósitos de gás natural de dimensão mundial. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH