Angola desiste de pedir assistência financeira ao FMI

1 July 2016

Angola desistiu da ideia de solicitar assistência financeira ao Fundo Monetário Internacional, pretendendo apenas receber apoio técnico, disse quinta-feira em Washington o porta-voz do FMI, Gerry Rice.

O porta-voz acrescentou ter o Presidente de Angola informado o FMI sobre a decisão de manter o diálogo apenas no âmbito das consultas ao abrigo do Artigo IV e não no contexto de discussão sobre o programa de ajuda EFF [Programa de Financiamento Ampliado].

Gerry Rice adiantou que uma nova missão do Fundo irá a Luanda, provavelmente em Outubro, para a realização de consultas ao abrigo do Artigo IV.

O Fundo Monetário Internacional anunciou a 6 de Abril que Angola solicitou um programa de assistência para os próximos três anos, cujos termos foram debatidos nas reuniões de Primavera, em Washington, prosseguindo em Luanda na primeira quinzena de Junho.

No final dessa visita, o chefe da missão do FMI, o economista brasileiro Ricardo Velloso, informou estar o Fundo à espera de uma decisão do governo de Angola sobre se mantinha o pedido de assistência financeira. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH