Segunda turbina da barragem de Cambambe, Angola, entra em funcionamento dentro de dois meses

4 July 2016

A segunda turbina do projecto Cambambe II deverá entrar em funcionamento dentro de dois meses depois de a primeira ter entrado em funcionamento na passada quinta-feira, escreveu o Jornal de Angola.

No final do ano, quando as quatro turbinas de 175 megawatts de potência cada deste projecto forem ligadas à rede, o aproveitamento hidroeléctrico de Cambambe estará a produzir 960 megawatts de energia eléctrica, sendo 260 megawatts produzidos pelas quatro turbinas de Cambambe I.

As obras, orçadas em cerca de dois mil milhões de dólares, estão divididas em três fases, a primeira centrada na recuperação e modernização da antiga central, a segunda na construção da segunda central e a terceira que compreende a construção de três novas estações.

A recuperação da central número um iniciou-se em Março de 2009 e consistiu na instalação de quatro grupos geradores de 65 megawatts cada uma, em substituição dos quatro anteriores de 45 megawatts cada, o que vai permitir elevar a capacidade instalada de 180 para 260 megawatts.

As obras de ampliação da barragem iniciaram-se em 2013 e contam com o alteamento da queda, que passa de 100 para 130 metros de altura, bem como a construção de uma nova central com quatro grupos geradores de 175 megawatts cada um, ostentando uma capacidade total de 700 megawatts que são adicionados aos 260 megawatts da primeira central.

O projecto contempla também a construção de três novas estações de transformação de energia, com capacidades de 400, 220 e 60 quilovolts, que suportam o sistema de ligação entre Cambambe I e II, Capanda e posteriormente com a barragem de Laúca. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH