Qatar Petroleum junta-se à ExxonMobil para compras em Moçambique

7 July 2016

Os grupos ExxonMobil e Qatar Petroleum decidiram juntar-se para avaliar eventuais compras de activos energéticos em Moçambique, onde foram descobertos depósitos de gás natural de dimensão mundial, escreveu a agência financeira Bloomberg.

A agência, citando fontes ligadas ao processo, adiantou que os dois grupos petrolíferos estão a analisar a possível compra de participações nos blocos Área 1 e Área 4 da bacia do Rovuma, norte de Moçambique, operados pelos grupos norte-americano Anadarko Petroleum e italiano ENI, respectivamente.

Em Maio passado, o presidente executivo do grupo ENI, Claudio Descalzi, disse estar em negociações para vender uma parte da sua participação no bloco Área 4 e adiantou prever a tomada de uma decisão final de investimento até ao final do ano.

O grupo ExxonMobil obteve em Outubro de 2015 três licenças de exploração petrolífera em blocos marítimos a sul dos blocos onde os grupos norte-americano Anadarko Petroleum e italiano ENI descobriram depósitos de gás natural de dimensão mundial.

As ligações económicas entre a ExxonMobil e a Qatar Petroleum, o maior exportador mundial de gás natural liquefeito, incluem a parceria RasGas, que extrai e liquidifica gás natural extraído no Qatar e um terminal de gás no estado do Texas, EUA. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH