Brasileira Embraer prevê que procura de aviões a jacto de 70 a 130 lugares atinja 6400 unidades

12 July 2016

A procura mundial de aviões a jacto no segmento de 70 a 130 lugares de 2016 a 2035 deverá ascender a 6400 unidades, de acordo com as previsões da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer) divulgadas no Festival Aéreo de Farnborough, Reino Unido.

As previsões da Embraer indicam que a procura nos aviões com capacidade de 70 a 90 lugares deverá ser de 2300 aparelhos enquanto na de aviões com capacidade de 90 a 130 lugares deverá atingir 4100 unidades, apresentando a procura global no período em análise um valor de cerca de 300 mil milhões de dólares.

A empresa brasileira informou ainda que a frota mundial de aviões a jacto no segmento de 70 a 130 lugares aumentará dos 2670 aparelhos em operação em 2015 para 6690 em 2035, apresentando o crescimento mais rápido de todos os segmentos da aviação comercial.

A América do Norte deverá encomendar 2020 aparelhos ou 31% do total, a que se seguirão a Ásia/Pacífico com 1690 aviões ou 26% e a Europa com 1160 aparelhos ou 18% do total.

Entretanto, a empresa informou ter procedido à entrega de 26 aviões a jacto para o mercado de aviação comercial e o mesmo número de unidades para o de aviação executiva ao longo do segundo trimestre de 2016, sendo 23 jactos leves e 3 jactos grandes. (Macauhub/BR)

MACAUHUB FRENCH