Empresas mineiras descobrem diamantes em Moçambique

12 July 2016

Empresas mineiras descobriram a ocorrência de diamantes em Moçambique, concretamente no distrito de Massagena, província de Gaza, disse o director nacional de Minas, Elias Daúde, ao matutino Notícias, de Maputo.

Elias Daúde disse ainda ao jornal que oito das 11 províncias moçambicanas apresentam indícios de existência de diamantes, sobretudo no vale do Save e acrescentou “Moçambique é um país rico em quase todo o tipo de recursos minerais, incluindo diamantes.”

O director nacional de Minas não indicou o número de empresas envolvidas na pesquisa de diamantes em Moçambique, mas o Notícias citou dados de 2011 que revelam que nesse ano havia 40 licenças atribuídas a 27 titulares de direito mineiro, incluindo 21 empresas e seis particulares.

Elias Daúde informou que uma comissão do Processo de Kimberley, um organismo internacional de certificação da origem dos diamantes para evitar a venda dos chamados “diamantes de sangue”, deverá visitar Moçambique em Setembro próximo a fim de avaliar o cumprimento por parte do país dos requisitos de admissão àquela organização.

A fim de poder aderir ao Processo de Kimberley, questão em que o governo de Moçambique está empenhado, de acordo com Elias Daúde, foi já aprovado um conjunto de diplomas legais que entram em vigor a 20 de Novembro próximo. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH