Compra de bilhetes de avião fora de Angola apenas em moeda local

15 July 2016

A compra de bilhetes de avião para Luanda com início fora de Angola e com pagamento em kwanzas deixou de ser possível a partir de quinta-feira, 15 de Julho, disse o porta-voz da companhia aérea angolana TAAG.

Carlos Vicente adiantou à agência noticiosa Lusa que, à semelhança das restantes companhias que escalam Luanda que há meses deixaram de aceitar kwanzas, também a TAAG deixou de fazê-lo “devido à dificuldade em repatriar divisas.”

Em causa estão as despesas operacionais, como combustível, que a companhia tem de pagar no exterior, em divisas, cujo acesso em Angola é actualmente limitado, devido à crise financeira, económica e cambial que afecta o país.

O porta-voz da companhia sublinhou que nos últimos meses estava a aumentar a compra em Angola, em kwanzas, de viagens com início fora do país e destino Luanda, pelo que “a partir de hoje, todas as viagens iniciadas fora de Angola devem ser pagas em moeda local, ou em euros ou em dólares.”

A TAP – Air Portugal aplicou a mesma medida em Janeiro de 2015, alegando a crise no acesso a divisas que já então se fazia sentir, a espanhola Ibéria deixou de voar para Luanda no final de Maio e a moçambicana LAM desde o início de Julho.

Angola é o quinto país do mundo em que as companhias aéreas enfrentam mais dificuldades na repatriação de receitas, que a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) afirma ascenderem a 237 milhões de dólares que estão retidas há sete meses por indisponibilidade de divisas. (Macauhub/AO/PT)

MACAUHUB FRENCH