Reconstrução da barragem da Matala, Angola, com primeira fase concluída

18 July 2016

As obras de reconstrução da barragem da Matala, projecto iniciado em 2011 com um custo estimado em 249,6 milhões de dólares, permitiu já o reforço da segurança da estrutura e da retenção de água, informou a agência noticiosa Angop.

Celso Pontes, engenheiro e director de projectos no grupo canadiano SNC Lavalin, a quem foi adjudicada a obra, disse que a intervenção já efectuada na barragem, que estava em risco de colapso com fissuras nas juntas longitudinais dos pilares, permitiu garantir a segurança do aproveitamento hidroeléctrico.

“Além das 29 comportas que já existiam, foram introduzidas mais oito, o que permite efectuar a regularização do caudal de uma forma mais precisa”, adiantou Celso Pontes.

Uma vez concluída esta primeira fase, disse Pontes, está a ser elaborado o projecto de pormenor da segunda fase, que se cingirá à modernização da central eléctrica e dos respectivos grupos geradores, devendo a futura capacidade de produção superar os actuais 40,6 megawatts.

A barragem hidroeléctrica da Matala fica localizada a cerca de 180 quilómetros da cidade do Lubango, província da Huíla. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH