Embaixador da China em Angola garante apoio ao desenvolvimento do país

19 July 2016

A China vai apoiar o desenvolvimento de Angola nos sectores agrícola, industrial e de formação de recursos humanos, prometeu o embaixador da China em Angola, Cui Aimin, no final de uma visita ao projecto agro-industrial de Camaniangala, no Moxico.

“Queremos aprofundar a cooperação com Angola, para ajudar a diversificar a economia do país e ajudá-lo a enfrentar a presente crise financeira, derivada da queda do preço do petróleo no mercado internacional”, declarou o embaixador chinês, de acordo com a agência noticiosa Angop.

Cui Aimin salientou que a China decidiu alargar a cooperação com o Ministério da Agricultura para impulsionar a produção de milho e soja, uma vez que o projecto beneficia também os consumidores das províncias da Lunda Sul, Malanje, Lunda Norte e Luanda.

O director da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas da província do Moxico, António da Silva, afirmou que aquele projecto agro-industrial garante a auto-suficiência alimentar das famílias camponesas da região.

O Projecto Agro-industrial de Camaiangala, situado a 20 quilómetros a norte do município de Camanongue, iniciou este mês a comercialização de farinha de milho, soja e feijão nos mercados do Luena (Moxico), Lunda Sul e Lunda Norte. (Macauhub/AO/CN)

MACAUHUB FRENCH