Fitch Ratings mantém notação de risco de Moçambique em “lixo”

25 July 2016

A agência Fitch Ratings manteve em “CC” a notação de risco de Moçambique de longo prazo em moeda local e em “C” a da notação de curto prazo em moeda estrangeira, níveis considerados como sem qualidade para investimento, informou a agência.

Em comunicado divulgado sexta-feira, a Fitch informou ter atribuído adicionado uma nova avaliação da dívida de curto prazo em moeda local, que recebeu a notação “C”, igualmente sem qualidade para investimento ou “lixo.”

Ao justificar a atribuição das avaliações das emissões de dívida pública, a agência afirma não estar presente em Moçambique nenhum dos dois factores para a melhoria da notação de risco, que são indicadores de finanças públicas fortes face ao exterior e o anterior tratamento preferencial dos investidores locais face aos investidores estrangeiros.

A notação de risco “CC” significa, de acordo com a tabela elaborada pela Fitch Ratings, que a dívida emitida apresenta um risco muito elevado e a notação “C” que deverá ocorrer um incumprimento no pagamento da dívida ou que o emissor está a negociar um novo acordo com os credores.

Na semana passada, o porta-voz da Lazard Ltd. anunciou ter a empresa sido contratada pelo governo de Moçambique como consultora financeira para avaliar a sua dívida externa e o ministro moçambicano da Economia e Finanças, Adriano Maleiane, contratou a White & Case LLP como consultora legal na avaliação da dívida externa. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH