Governo determina fusão das empresas Moçambique Celular e Telecomunicações de Moçambique

27 July 2016

As empresas públicas Moçambique Celular (MCel) e Telecomunicações de Moçambique (TDM) vão ser fundidas, a prazo, numa única entidade, anunciou terça-feira em Maputo o porta-voz do Conselho de Ministros.

Mouzinho Saíde, igualmente vice-ministro da Saúde, disse que para dar corpo a esta decisão o governo determinou a constituição de uma comissão, que terá por missão criar as condições necessárias para a fusão das duas empresas ligadas ao sector de telecomunicações.

A nova empresa “será dotada de meios tecnológicos, financeiros e humanos capazes de responder às exigências do mercado e irá efectuar a convergência dos serviços de telefonia fixa e móvel de voz, dados e Internet”, disse ainda Saíde.

O porta-voz adiantou não ter o Conselho de Ministros determinado uma data limite para a apresentação do relatório por parte da comissão, mas disse que a mesma vai trabalhar com as administrações das duas empresas e com o Instituto de Gestão de Participações do Estado (Igepe) para, no final, “apresentar uma proposta que seja viável.”

Números divulgados em 2015, por ocasião de visitas efectuadas pelo primeiro-ministro Carlos Agostinho Rosário, indicavam que só a Telecomunicações de Moçambique precisava de 500 milhões de dólares para ultrapassar a crise financeira em que se encontrava. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH