China vai montar fábrica de tractores e máquinas agrícolas na Guiné-Bissau

1 August 2016

Uma delegação de técnicos chineses é esperada em breve em Bissau a fim de dar início a um projecto de fabrico de tractores e de outras máquinas agrícolas na Guiné-Bissau, anunciou sexta-feira o embaixador da China no país.

A afirmação de Wang Hua foi proferida numa cerimónia em que o embaixador procedeu à entrega ao governo da Guiné-Bissau de um conjunto de máquinas e de outros bens destinados à produção de arroz no país, “a fim de tornar o país auto-suficiente neste cereal.”

O donativo era constituído por máquinas agrícolas, nomeadamente tractores, sementes e adubos, entre outros bens de produção necessários para a plantação de arroz.

Wang Hua frisou que a Guiné-Bissau dispõe de recursos naturais como água em abundância, solos aráveis, um bom clima e, sobretudo, agricultores para que o país produza o suficiente para o consumo doméstico e possa ainda exportar os excedentes.

Em resposta, o Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, agradeceu a doação e acrescentou que os bens de produção oferecidos serão entregues directamente aos agricultores guineenses.

José Mário Vaz salientou que a transformação e diversificação da agricultura constitui actualmente um imperativo nacional, que passa necessariamente pela mecanização gradual da cadeia de produção até à comercialização dos produtos na Guiné-Bissau. (Macauhub/CN/GW)

MACAUHUB FRENCH