Governo da Guiné-Bissau entrega a agricultores sementes e adubos doados pela China

2 August 2016

O governo da Guiné-Bissau iniciou a distribuição aos agricultores de meios de produção agrícolas, nomeadamente sementes e adubos, que foram doados pela China, em cerimónia realizada no passado fim-de-semana em Bafatá.

De acordo com informação oficial são 500 toneladas de sementes de arroz, 617 de fertilizantes, 20 de amendoim, variedades de feijão, além de seis novos tractores e várias moto-cultivadoras que serão colocados à disposição dos agricultores nos 39 sectores das 8 regiões do país, incluindo o Sector Autónomo de Bissau.

O ministro da Agricultura, Rui Nené Djata, disse que estes meios de produção deverão permitir plantar mais de 400 hectares com amendoim e igual área com feijão e no caso do arroz garantir uma colheita de 30 mil toneladas.

A cerimónia foi presidida pelo primeiro-ministro, Baciro Djá, que disse ter chegado a altura de transformar a agricultura familiar que se pratica actualmente na Guiné-Bissau numa agricultura mecanizada para aumentar a produção e a produtividade agrícolas.

Baciro Djá Djá referiu que um dos objectivos do seu governo é o de criar condições aos agricultores para que a colheita de arroz possa vir a atingir 80 mil toneladas, a fim de reduzir a importação do produto. (Macauhub/CN/GW)

MACAUHUB FRENCH