Ministro da Economia de Angola propõe alteração estrutural da economia

8 August 2016

A situação económica, financeira e cambial de Angola, resultante de um choque externo, exige uma alteração estrutural da economia, para garantir que o bem-estar dos cidadãos, disse sexta-feira em Luanda o ministro da Economia.

Abrahão Gourgel, que falava na “Conferência Nacional de Fundo de Pensões”, uma iniciativa da Academia de Seguros e Fundo de Pensões, adiantou que as alterações estruturais implicam, entre outras medidas e opções, satisfazer a procura interna de bens e serviços com a produção interna e com níveis cada vez maiores de valor acrescentado nacional.

O ministro advogou ainda a redução “ao necessário” da mão-de-obra estrangeira, processo que tem de ser acompanhado pela preparação técnica e profissional da força de trabalho nacional.

Gourgel defendeu a complementaridade entre os fundos de pensões e a segurança social, por ser uma alternativa ao sistema de repartição em que as gerações mais novas pagam as pensões das gerações mais velhas, de acordo com a agência noticiosa Angop.

Os fundos de pensões baseiam-se no sistema de capitalização em que o beneficiário recebe pensões de acordo com as contribuições feitas nos anos de serviço e respectivos rendimentos gerados por essas contribuições, salientou.

A “Conferência Nacional de Fundo de Pensões” é uma iniciativa no quadro do Dia Nacional dos Seguros e Fundos de Pensões. que se assinala a 5 de Agosto. (Macauhub/AO)

MACAUHUB FRENCH