São Tomé e Príncipe vai ligar-se à rede bancária internacional

8 August 2016

O governo de São Tomé e Príncipe vai lançar este mês um concurso internacional para adaptar a rede de multibanco do país ao sistema internacional, permitindo o acesso dos cartões Visa, entre outros, anunciou a governadora do banco central.

A governadora do Banco Central de São Tomé e Príncipe, Maria do Carmo Silveira, disse à agência noticiosa Lusa que o país vive uma situação complexa, porque quer atrair turistas mas não tem um sistema bancário que permita cartões bancários internacionais.

O projecto de modernização tem financiamento do Banco Africano de Desenvolvimento, tendo a governadora acrescentado esperar que dentro de dentro de 12 a 18 meses a rede Dobra24 possa aceitar os cartões internacionais, Visa e Mastercard.

Miguel Reymão, administrador do Banco Internacional de São Tomé e Príncipe (BISTP), o maior operador bancário do país, disse que a modernização da Dobra24 é um projecto caro, que irá custar “três ou quatro milhões de dólares.”

O administrador do BISTP adiantou que o preço da integração na rede Visa e Mastercard deriva da necessidade de se proceder a uma “série de certificações internacionais, particularmente de rigor e segurança.” (Macauhub/ST/PT)

MACAUHUB FRENCH