Governo de Moçambique lança concurso público para o serviço de cabotagem

19 August 2016

A estatal Empresa Moçambicana de Transporte Marítimo e Fluvial (Transmarítima) lançou um concurso público para a selecção de um parceiro privado a fim de impulsionar o negócio da empresa, que está “quase moribunda”, de acordo com o jornal Notícias, de Maputo.

O jornal escreveu ainda que a Transmarítima funciona actualmente apenas com pequenas embarcações no transporte de passageiros e bens nas viagens ao longo do país, devido a problemas técnicos e financeiros.

A selecção de um parceiro privado permitiria a adjudicação de alguns serviços da empresa, que centra a sua actividade no transporte marítimo costeiro, a fim de descongestionar o trânsito nas vias rodoviárias.

O concurso público visa, de acordo com a Transmarítima, constituir uma parceria com uma entidade privada com capacidade de financiar, operar, gerir, manter e desenvolver por sua própria conta e risco o serviço de cabotagem.

O ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, disse que recentemente o governo está a desenvolver esforços no sentido de garantir que o transporte de pessoas e carga dentro do país por via marítima tenha início ainda em 2016. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH