Inflação homóloga em Macau manteve em Julho tendência de baixa

23 August 2016

A inflação homóloga manteve em Julho passado a tendência de abrandamento, ao registar um valor de 2,08%, menos 0,18 pontos percentuais do que o contabilizado em Junho de 2016 (+2,26%), informaram os Serviços de Estatística e Censos.

O crescimento em Julho deveu-se, principalmente, à subida das rendas dos parques de estacionamento, dos preços das refeições adquiridas fora de casa bem como dos automóveis e ao acréscimo das despesas dos serviços de administração de edifícios.

Os preços em Julho aumentaram 0,05% relativamente a Junho de 2016, com subidas mais significativas nas classes de despesa Recreação e Cultura (+3,17%) e Transportes (+0,24%).

A taxa de inflação medida pela média dos índices dos últimos 12 meses sobre os 12 meses imediatamente anteriores atingiu 3,45%, tendo-se os maiores crescimentos verificado nas classes de despesa Bebidas Alcoólicas e Tabaco (+36,20%) e Educação (+8,45%).

Uma tabela disponibilizada pelos Serviços de Estatística e Censos indica que a taxa de inflação encontra-se actualmente ao nível mais baixo desde 2011, ano em que se situou em 5,81%.

A taxa de inflação verificada em Julho de 2015 foi de 5,33% e a registada nesse ano atingiu 4,56%. (Macauhub/MO)

MACAUHUB FRENCH