Bancos Mundial e Europeu de Investimento financiam sector energético em São Tomé e Príncipe

23 August 2016

Os bancos Mundial e Europeu de Investimento vão desembolsar 29 milhões de dólares para financiar obras de modernização do sector eléctrico de São Tomé e Príncipe, nos termos de um acordo segunda-feira assinado em São Tomé.

O documento foi assinado por Clara Sousa, em representação do Banco Mundial e pelo ministro são-tomense das Finanças e Administração Pública, Américo Ramos, em nome do governo de São Tomé e Príncipe.

Clara Sousa disse no final da cerimónia que o Banco Mundial garante 16 milhões de dólares e que os restantes 13 milhões serão desembolsados pelo Banco Europeu de Investimento.

A representante do Banco Mundial disse ainda que o “desembolso das verbas será feito por fases”, nomeadamente em função das despesas que forem sendo feitas no âmbito de um projecto de energias renováveis.

O governo de São Tomé e Príncipe, através da Empresa Municipal de Água e Electricidade (EMAE), tem estado a efectuar alguns investimentos na rede eléctrica do país, tendo adquirido em Maio último três grupos de geradores para apetrechar a nova Central Térmica de Santo Amaro, denominada Santa Amaro II. (Macauhub/ST)

MACAUHUB FRENCH