Empresas de Moçambique com dificuldades em amortizar empréstimos

26 August 2016

Aumentos sucessivos nas taxas de juro de referência decididos pelo Banco de Moçambique estão a fazer com que algumas empresas comecem a ter dificuldades em amortizar os respectivos empréstimos, escreveu o jornal independente Mediafax.

O banco central tem estado desde Outubro de 2015 a aumentar as taxas de juro a fim de conter pressões inflacionistas, tendo no mais recente aumento, ocorrido em Julho passado, sido a taxa de cedência de liquidez sido aumentada em 300 pontos base para 17,25%.

Os bancos comerciais seguiram a decisão do banco central e aumentaram as taxas de juro que praticam junto dos respectivos clientes, fazendo com que o custo dos empréstimos, particularmente para as pequenas e médias empresas, seja cada vez mais caro.

Um porta-voz da Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), o economista Eduardo Sengo, confirmou ao jornal a existência de empresas com dificuldades em amortizar empréstimos, embora não as tenha identificado nem mencionado o seu número.

Eduardo Sengo disse ainda que a CTA está a recomendar às empresas em dificuldades que procedem a uma análise da sua situação financeira e elaborem um plano a ser apresentado aos bancos onde foram contraídos os empréstimos. (Macauhub/MZ)

MACAUHUB FRENCH