Macau vai construir centro para promover relações da China com os países de língua portuguesa

O Chefe do Executivo de Macau, Chui Sai On, disse em Lisboa que o governo está a estudar a criação de um complexo em Macau que incorporará as várias iniciativas que estão em curso para promover Macau como plataforma entre a China e os países de língua portuguesa.

Segundo um comunicado do Gabinete de Comunicação Social (GCS) do governo, o centro ficará instalado num único edifício e juntará interesses em áreas económicas-comerciais, oferta de serviços para empresas, organização de feiras, reuniões e exposições culturais e formação de profissionais.

Chi Sai On não referiu pormenores do projecto mas o seu anúncio ocorre menos de um mês antes da realização em Macau da 5.ª Conferência Ministerial do Fórum de Macau que reunirem Macau altos dirigentes da China e de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e Timor-Leste.

O Chefe do Executivo, durante a sua estada em Lisboa, liderou uma delegação de Macau à reunião da comissão mista Portugal-Macau e manteve encontros com o Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa e com o Primeiro, ministro António Costa.

Segundo o GCS durante os encontros realizado em Lisboa, Macau sugeriu às autoridades portuguesas para aproveitarem o Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa para impulsionar o diálogo e cooperação na área económico-comercial entre China e Portugal e a utilização das vantagens oferecidas pela política das Zonas de Comércio Livre no interior da China.(Macauhub/CN/MO/PT)

MACAUHUB FRENCH