PM de Portugal solicita na China investimentos de raiz

10 October 2016

O primeiro-ministro de Portugal aproveitou uma audiência sábado em Pequim com o Presidente da China, Xi Jinping, para solicitar mais investimento chinês, nomeadamente investimentos de raiz, de acordo com as agências internacionais.

António Costa, que hoje, segunda-feira, chega a Macau para participar na 5.ª Conferência Ministerial do Fórum de Macau, disse que um dos objectivos da sua visita oficial à China era direccionar os investimentos chineses que visaram a aquisição de activos para novas áreas da indústria e dos portos em Portugal.

Além dos sectores económicos tradicionais onde a China já aplicou capitais no mercado português, nomeadamente financeiro e energético, o primeiro-ministro defendeu que “há novas perspectivas no sector dos portos, sobretudo com o grande projecto chinês de nova rota marítima da seda.”

“Um porto como o de Sines pode ter um papel importante a desempenhar, havendo ainda vontade da China em estabelecer uma grande ligação internacional na área da energia e, na sequência do acordo entre Portugal e Marrocos, encontramo-nos perante uma área que pode vir a ser interessante”, disse ainda o primeiro-ministro português.

No final da audiência concedida por Xi Jinping, António Costa anunciou irem os dois países assinar dois acordos na área cultural, dizendo o primeiro respeito à instalação de centros culturais e um segundo sobre o tratamento de arquivos. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH