Brasil e China criam fundo de investimento para projectos no Brasil

12 October 2016

O Brasil e a China assinaram terça-feira em Pequim um memorando de entendimento para a constituição de um fundo de investimento destinado a financiar projectos de infra-estrutura na economia brasileira, de acordo com informações divulgadas pelo governo brasileiro.

O ministro do Planeamento, Desenvolvimento e Gestão do Brasil, Dyogo Oliveira, anunciou em comunicado que o fundo terá uma dotação inicial de 20 mil milhões de dólares, sendo que 15 mil milhões serão a contribuição chinesa e os restantes 5 mil milhões de dólares a contribuição brasileira.

O memorando foi assinado em Pequim pelo secretário de Assuntos Internacionais do Ministério do Planeamento, Desenvolvimento e Gestão do Brasil, Jorge Arbache, que disse que a concretização do fundo demonstra o interesse estrangeiro no Brasil.

Os sectores que poderão receber recursos incluem a logística, energia e recursos minerais, tecnologia avançada, agricultura, agro-indústria e armazenagem agrícola, indústria e serviços digitais, entre outros.

A formalização deste fundo foi negociada pelo Presidente Michel Temer numa visita que fez à China em Setembro, embora a ideia original tenha sido discutida em Maio de 2015 pelo primeiro-ministro chinês Li Keqiang e pela ex-Presidente Dilma Rousseff. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH