Angolano Banco BIC pretende abrir sucursal em Macau

14 October 2016

O angolano Banco BIC pretende abrir uma sucursal ou criar um banco de direito local em Macau, no curto a médio prazo, estando a fazer contactos nesse sentido, disse quarta-feira em Macau o presidente da instituição, Fernando Teles.

O presidente do banco, que se deslocou a Macau a fim de participar na Conferência de Empresários e Quadros da Área Financeira da China e dos Países de Língua Portuguesa, disse ainda à agência noticiosa Angop fazer todo o sentido dispor de uma presença física em Macau, atendendo ao papel de plataforma que o território desempenha no relacionamento entre a China e os países de língua portuguesa.

“Os bancos angolanos têm já uma presença em África e na Europa, mas na China não há nada, pelo que estamos a fazer diligências para encontrar um parceiro em Macau para abrir aqui um banco, uma sucursal ou um banco de direito local”, disse o gestor do maior banco privado angolano em termos de rede de balcões.

Fernando Teles adiantou que o interesse do banco a que preside no mercado chinês é “muito grande”, uma vez que, além de Macau e de Hong Kong, “há a parte continental do país que constitui um grande mercado e uma economia muito forte.”

A Conferência de Empresários e Quadros da Área Financeira da China e dos Países de Língua Portuguesa decorreu sob o tema “Inovação do modelo de prestação de serviços financeiros – Promoção da cooperação em capacidade industrial entre a China e os países de língua portuguesa.” (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH