Moçambique pretende atrair empresas da China para industrializar o país

18 October 2016

O Instituto para a Promoção de Exportações (Ipex) pretende atrair a capacidade das empresas chinesas de processar e produzir bens em quantidade e com a qualidade exigida pelos mercados, afirmou o presidente da instituição em declarações à agência noticiosa AIM.

João Macaringue, que esteve em Macau a fim de participar na V Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e Países de Língua Portuguesa (Fórum de Macau), que teve lugar dias 11 e 12 do corrente mês, recordou que a balança comercial entre Moçambique e a China é muito desequilibrada, sendo a China “um dos principais países de onde parte a maioria dos produtos que consumimos.”

“Acontece que a nossa capacidade de penetrar no mercado chinês permanece muito baixa, pelo que pretendemos apostar na atracção do conhecimento que eles têm na produção, processamento e exportação”, disse o presidente do Ipex.

A comitiva de Moçambique ao encontro do Fórum de Macau, chefiada pelo primeiro-ministro Carlos Agostinho do Rosário, contou com a participação de 14 empresários de sectores como o processamento agrícola, turismo, consultoria e serviços.

“Todos estes empresários realizaram mais de três encontros e todos chegaram a acordos de princípio que numa fase posterior podem dar bons resultados”, disse Macaringue, para acrescentar que “há intenções claras de realização de negócios com empresas chinesas.”

O presidente do Ipex foi ainda citado pela AIM como tendo afirmado que os empresários chineses em questão deverão dentro de algum tempo visitar Moçambique a fim de confirmar as potencialidades de negócio transmitidas pelos seus congéneres moçambicanos.

“Temos de acompanhar os empresários nacionais na sua interacção com os empresários chineses a fim de que possam materializar as suas intenções, tanto mais que o governo de Moçambique defende a industrialização para acrescentar valor às matérias-primas e criar mais postos de trabalho”, concluiu João Macaringue. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH