Alargado prazo do concurso para produção de energia doméstica a partir do gás em Moçambique

20 October 2016

O governo de Moçambique anunciou a prorrogação por um mês do prazo do concurso público para a selecção de empresas interessadas na concepção, investimento e desenvolvimento de projectos de utilização do gás liquefeito em iniciativas como a produção de energia eléctrica e produção de fertilizantes ou combustíveis líquidos para o consumo local.

A notícia dada pelo jornal Notícias refere que o governo prorrogou até dia 17 de Novembro o prazo para a apresentação de propostas do concurso aberto em Agosto.

Segundo o jornal a extensão do prazo tem em vista responder à solicitação de vários interessados em participar no concurso.

A empresa Petromoc, uma das interessadas no projecto de transformação do gás natural em gasóleo revelou que o investimento poderá ser superior a cinco mil milhões de dólares criando 15 mil postos de trabalho.

A bacia sedimentar do Rovuma, no norte de Moçambique, tem até ao momento a mais importante reserva de gás natural do país com mais de 180 triliões de pés cúbicos de hidrocarbonetos.

As multinacionais norte-americana Anadarko e a italiana Ente Nazionale Idrocarburi (ENI) são as principais operadoras da zona mas nos próximos anos a área poderá contar com mais um gigante petrolífero norte-americano, nomeadamente a ExxonMobil, apurada no último concurso lançado pelo governo para a pesquisa de hidrocarbonetos em Moçambique.(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH