Angola foi o maior fornecedor de petróleo à China em Setembro

25 October 2016

Angola foi o maior fornecedor de petróleo à China em Setembro com 4,19 mil toneladas de crude mais do que a Arábia Saudita e Rússia os principais fornecedores da China, segundo dados oficiais das alfândegas da China.

Depois de em Agosto do corrente ano ter ultrapassado a Rússia, tornando-se pela primeira vez no principal fornecedor de petróleo da China, Angola manteve a liderança em Setembro, posição que se deverá manter em Outubro.

As importações da China em Setembro correspondem a 1,02 milhões de barris por dia, o que representa um aumento de 45,8 por cento em relação ao período homólogo de 2015.

Apesar de os números apontarem para uma ligeira redução em relação aos indicadores de Agosto – o primeiro mês do ano em que Angola superou a concorrência e se tornou o principal fornecedor de petróleo da China -, as previsões apontam para uma nova aceleração em Outubro.

A maior procura chinesa explica-se pelo facto de o crude angolano ser mais barato, rendendo uma maior quantidade de combustíveis tradicionais.

Em termos globais, a análise dos primeiros nove meses do ano indicam que nesse período Angola consolidou-se como o terceiro maior fornecedor de petróleo da China, depois da Arábia Saudita e da Rússia.(Macauhub)

MACAUHUB FRENCH